Nota de Pesar


A diretoria da Companhia Docas do Ceará recebeu a notícia do falecimento de Mário Lima Júnior com enorme tristeza. Ele, que foi um grande técnico na CDC, entre os anos de 1975 e 2021, trabalhou como engenheiro mecânico, chefe da Divisão de Manutenção, coordenador adjunto Comercial e diretor de Infraestrutura e Gestão Portuária. Em anos distintos, foi cedido pela companhia e deixou também um legado na Secretaria de Portos, na Ceará Portos e na ZPE-CE. Nas últimas instituições, ocupou brilhantemente os cargos de secretário executivo, diretor Comercial e diretor-presidente, respectivamente. Sua partida precoce deixa uma grande lacuna no setor portuário e na área de comércio exterior.

26 visualizações0 comentário