Primeira dose da AstraZeneca é aplicada nos trabalhadores do Porto de Fortaleza


Parte dos trabalhadores do Porto de Fortaleza receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford na manhã desta terça-feira, 01 de junho, no sistema Drive-Thru montado na Arena Castelão. A imunização da categoria segue pelos próximos dias, atendendo pleito de várias entidades, entre elas, a Associação Brasileira de Entidades Portuárias e Hidroviárias (ABEPH), que em dezembro de 2020 encaminhou carta ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. O início da vacinação contra a Covid-19 dos portuários no grupo prioritário foi acertado entre os ministros Tarcísio e Marcelo Queiroga (Saúde), tendo em vista que estes trabalhadores não interromperam a atividade um único dia durante a pandemia.


De acordo com o Ministério da Saúde, os imunizantes produzidos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foram doses extras destinadas aos portuários e trabalhadores do setor de Aviação Civil, não alterando o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO) do restante da população. Na visão do ministro Tarcísio de Freitas, atender a esses dois setores é uma forma de homenagem ao trabalho realizado durante toda a pandemia, que continuaram na linha de frente. “Portos e aeroportos são como nós, pontos de origem e destino, e esses trabalhadores estão sempre em contato com pessoas do mundo inteiro. Era necessário criar essa barreira sanitária para que pudessem trabalhar com segurança”, disse.


A diretora-presidente da Companhia Docas do Ceará (CDC), Mayhara Chaves, avalia esse momento com gratidão pela inclusão dos profissionais nessa etapa da vacinação. “Hoje é um dia de muita satisfação para nós, trabalhadores portuários. A nossa equipe do Porto de Fortaleza vem trabalhando 24 horas por dia, sem parar um dia. Desde março do ano passado, estamos fazendo todo esforço possível, trabalhando com empenho e dedicação. Só tenho que agradecer ao Governo Federal por ter colocado os trabalhadores portuários como prioridade”, finaliza Mayhara Chaves.



23 visualizações0 comentário