S E G U R A N Ç A  E 

M E I O  A M B I E N T E

 

A Companhia Docas do Ceará, dentro de sua política de responsabilidade ambiental, está comprometida com o desenvolvimento sustentável da região do Estado do Ceará e a área de sua influência, disponibilizando serviços portuários seguros, com compromisso na prevenção e combate a poluição, atendendo a legislação ambiental, sempre com a melhoria contínua em suas atividades.

Nesse sentido, a CDC possui um Núcleo de Meio Ambiente que visa estimular a participação dos empregados e usuários do Porto de Fortaleza no compromisso de zelar pelo meio ambiente em suas atividades portuárias, assim como contribuir para a conscientização de todos e evitar acidentes.

 

Instrumentos de Gestão Ambiental

Clique nos arquivos para visualização.

Instrumentos de Gestão Organizacional

Clique nos arquivos para visualização.

 

Dados Ambientais - Estudos, convênios.

Clique nos arquivos para visualização.

Outros Dados Ambientais

 

Clique nos arquivos para visualização.

Clique nos arquivos para visualização.

 

Cartilha de Segurança

Objetivando proporcionar maior orientação quanto a Segurança e Saúde aos trabalhadores portuários e usuários do Porto de Fortaleza, o Serviço especializado em Segurança e Medicina do trabalho elaborou esta cartilha contendo informações dos principais tópicos de segurança e saúde a serem seguidos durante os trabalhos e permanência na área do Porto de Fortaleza.

ISPS Code

O ISPS CODE é um código internacional elaborado pela Organização Marítima Internacional (IMO), pertencente à Organização das Nações Unidas (ONU) e aprovado pelo Governo Brasileiro em forma de lei que objetiva a segurança e a proteção de navios e instalações portuárias.

 

A Companhia Docas do Ceará é certificada com o código. O Mucuripe foi o primeiro Porto a obter o certificado no País. Para isso, foram realizados investimentos em obras e equipamentos, bem como em treinamento e capacitação de pessoal para adequação do Porto, assegurando aos seus usuários a conformidade de suas instalações às novas exigências internacionais de segurança.

 

O ISPS CODE foi criado após os trágicos eventos de 11/09/01, durante a 22a. sessão da Assembleia da IMO, que concordou em desenvolver novas medidas relativas a proteção de navios e instalações portuárias.