top of page

Capacitação sobre CFTV é realizada para operadores de videomonitoramento do Porto de Fortaleza


Os operadores de videomonitoramento do Porto de Fortaleza participaram, na última terça-feira (04), de uma capacitação on-line sobre a utilização do Circuito Fechado de TV (CFTV). A qualificação aconteceu na sala de reunião do prédio administrativo da Companhia Docas do Ceará (CDC). Por meio de videoconferência, vigilantes e guardas portuários foram instruídos pelo engenheiro Hélio Trib direto do Rio de Janeiro, da Sabra Segurança.


A empresa é responsável pela manutenção das câmeras do Porto de Fortaleza. São 106 unidades distribuídas em toda a área alfandegada do porto, uma exigência de segurança da Receita Federal que visa inspecionar a circulação de pessoas e prevenir acidentes ou infrações. Da sala de monitoramento, os operadores mantêm contato via rádio com os vigilantes e guardas portuários, atentos a qualquer possibilidade de movimento incomum.


De acordo com o coordenador da Guarda Portuária (CODGUA), Enéas Braga, os operadores passam a ter um conhecimento mais aprofundado sobre o manuseio do CFTV. “O sistema não é difícil de se manusear, mas tem determinados recursos nele que são mais avançados e que nós nunca tivemos essa qualificação. A partir de agora, a empresa que presta a manutenção das câmeras vai ministrar esse curso, tirando dúvidas gerais”, destaca Enéas.


O coordenador também afirma que a qualificação faz parte de um cronograma de cursos ligados à Guarda Portuária a serem realizados até o fim de 2021. “O primeiro foi referente à portaria ALF/FOR nº 50 /2012. Nós tivemos uma segunda atividade que foi um exercício com os cães da Polícia Federal fazendo revista nos veículos e agora nós estamos tendo essa instrução para os operadores do CFTV.” Vale ressaltar a importância da Coordenadoria de Tecnologia da Informação da CDC, que durante a realização da capacitação ofereceu todo suporte necessário junto à SABRA.



Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page