top of page

Docas do Ceará incentiva leitura de seus colaboradores


Neste 7 de janeiro, Dia do Leitor, o Porto de Fortaleza convidou seus colaboradores a fazer indicações de livros e contar suas experiências sobre este hábito tão importante. Além disso, como forma de incentivar a leitura dos colaboradores, a Companhia Docas do Ceará inaugurou no ano passado a Biblioteca CDC. Nela é possível encontrar livros, como: Marley e Eu, de John Grogan; A culpa é das Estrelas, de John Green; e a A Fascinante Construção do Eu, de Augusto Cury.

O diretor de Administração e Finanças da CDC, Humberto Castelo Branco, conta que tem o hábito, diário, de ler jornais e revistas todas as manhãs. “Gosto de ler em casa e pelo computador. Nele, consigo ampliar a imagem e ler mais confortável." Para a ouvidora da CDC, Valdiana Oliveira, o ano de 2021 começará com uma nova leitura. “Nesse ano, pretendo começar “Mulheres, Mitos e Deuses”, da escritora Martha Robles. Com certeza será minha próxima leitura.

Já dizia Platão: “Livros dão alma ao universo, asas para a mente, voo para a imaginação, e vida a tudo”. Ler não é apenas correr os olhos pelas palavras, é viver e descobrir um mundo novo a cada etapa da leitura sem sair do lugar. O biólogo e técnico de Meio Ambiente da CDC, Saulo Nogueira, revelou que tem incentivado a leitura em casa. “Tenho instigado minha filha a ler a coleção de livros do Harry Potter. Ela começou no ano passado, e esse ano já está no terceiro livro”. Como indicação de leitura, o técnico recomenda “O Gene Egoísta”, escrito por Richard Dawkins.

O hábito de ler, além de informar e formar o indivíduo em suas capacidades de escrita, vocabulário e capital cultural, transporta o leitor para um alto estado de imersão sem sair do lugar. Se você gosta de ler, incentive outras pessoas a essa prática.


bottom of page