top of page

Projetos e potencial logístico do Porto de Fortaleza são discutidos em live com Mayhara Chaves

Atualizado: 17 de set. de 2021


Os projetos e o potencial logístico do Porto de Fortaleza foram tema da live organizada pela revista O Empreiteiro. O webinar Transportes e Energia contou com a participação da diretora-presidente da Companhia Docas do Ceará (CDC), engenheira Mayhara Chaves, que citou os recordes na movimentação de trigo e as concessões de áreas portuárias, como o Terminal MUC01 e o Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza (TMP). A transmissão aconteceu no dia 28 de julho, no canal da revista no Youtube.


De potencialidades, Mayhara ressaltou a conquista do Porto de Fortaleza em ser responsável pela maior movimentação de trigo no Brasil em 2020. De acordo com dados da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), foram movimentadas 1.201.698 toneladas, valor superior ao Porto de Santos (1.050.127), antes considerado o primeiro lugar no ranking.


A data da licitação do Terminal de Granel Sólido Vegetal do Porto de Fortaleza, conhecido como MUC01, que aconteceria no dia 30 de julho, foi remarcada para o dia 13 de agosto. “É um terminal que já foi arrendado, mas esse arrendamento venceu. De acordo com as normas vigentes, ele precisa passar por um novo processo de arrendamento, e quem conduz todo esse processo é o Ministério da Infraestrutura com o apoio da CDC”, explica a diretora-presidente.


Já sobre o TMP, Mayhara explicou que a licitação teve como entrave a pandemia da Covid-19, o que impossibilitou a chegada de novos cruzeiros e eventos. Tido pela diretora-presidente como equipamento portuário mais emblemático, ela confirmou que espera a retomada dos cruzeiros e passageiros para seguir com a concessão.


Ao final da entrevista, Mayhara destacou novas possibilidades de investimentos e atualizações no setor portuário junto ao seu trabalho como presidente da Associação Brasileira das Entidades Portuárias e Hidroviárias (ABEPH). "No âmbito nacional, estamos trabalhando fortemente, eu e meus colegas, presidentes dos portos, na questão dos arrendamentos, melhoria de eficiência portuária, das nossas estruturas e otimização de processo. É o que estamos buscando.”


A entrevista de Mayhara Chaves pode ser conferida no vídeo abaixo:




bottom of page