top of page

Setembro Amarelo: CDC faz campanha de conscientização no mês de prevenção ao suicídio


Setembro Amarelo é uma campanha de prevenção ao suicídio iniciada em 2015 no Brasil. A ação é uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria. A data foi escolhida para a campanha porque o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Visando auxiliar na conscientização sobre o tema, a Companhia Docas do Ceará (CDC) traz algumas informações sobre prevenção e como procurar ajuda, além de distribuir fitinhas amarelas aos seus colaboradores.


O suicídio pode acontecer com indivíduos de qualquer faixa etária, gênero ou classe social. Um dos motivos pelo qual muitas pessoas não buscam ajuda é o fato de acreditarem que o tratamento só é possível pelo setor de saúde privada, porém o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece estrutura e atendimento à população de forma gratuita. Algumas cidades contam com profissional de psicologia do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF AB), que atendem nos postos de saúde. Durante o período de pandemia, os atendimentos estão sendo realizados de forma on-line.


Onde buscar ajuda?

  • Postos de Saúde – porta de entrada do SUS, esse serviço está presente em todas as cidades do país. Em caso de qualquer problema relacionado à saúde emocional, a pessoa pode se comunicar com o Agente Comunitário de Saúde (ACS) que faz o atendimento diretamente na residência.

  • Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) - os CAPS são unidades especializadas em saúde mental.

  • CAPS I - voltado para o atendimento de crianças e adolescentes

  • CAPS II - voltado para o atendimento de adultos

  • CAPS Ad - voltado para o atendimento de pessoas que possuem problemas com álcool e/ou outras drogas.

  • Sistema Único de Assistência Social (SUAS) - o SUAS é um modelo de gestão utilizado no Brasil para operacionalizar as ações de assistência social que oferece atendimento psicológico à população por meio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

  • Centro de Valorização da Vida (CVV) - o CVV atua como apoio emocional de maneira voluntária e gratuita, atendendo por telefone, e-mail e chat 24 horas. Para receber ajuda, ligue 188.

Commenti

Impossibile caricare i commenti
Si è verificato un problema tecnico. Prova a riconnetterti o ad aggiornare la pagina.
bottom of page