top of page

Companhia Docas do Ceará promove imersão dos seus executivos, com foco nos objetivos estratégicos de 2024



“A inovação distingue um líder de um seguidor”, disse Steve Jobs, em uma de suas frases que refletiram, com perfeição, a essência disruptiva do empreendedor responsável pela criação da gigante Apple.

 

O exemplo ilustrou palestra sobre o tema Inovação, ministrada pelo Prof. Dr. Milton Souza, aos executivos da Companhia Docas do Ceará, nesta quinta-feira (25/01), na Universidade de Fortaleza. “Todos os dias, ouvimos a expressão inovação, já que é uma necessidade do mercado. Mas nem todas as empresas, inclusive grandes multinacionais, conseguem permanecer em constante crescimento, justamente porque, em algum momento, deixam de inovar”, disse o Prof. Milton Souza, ao citar o case da Yahoo, que chegou a recusar a compra da Google e, em outro momento, de ser comprada pela Microsoft.

 

Doutor em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, com passagens em várias instituições internacionais renomadas de ensino superior, entre elas, a Harvard Business School, o Prof. Dr. Milton estimulou que os Diretores e Coordenadores da CDC buscassem sempre criar soluções viáveis, diante dos desafios no ambiente de trabalho.




 

A palestra abriu o dia de imersão, conduzido pelo Diretor-Presidente, Lucio Gomes, e organizado pela área de Planejamento da empresa, objetivando elaborar e consolidar todos os diversos planos de ação da Companhia, para este ano. Participaram, ativamente, além dos Diretores José Júnior (Comercial), Ivo Dias Montenegro (de Administração e Finanças) e Urbano Costa Lima Filho (de Infraestrutura e Gestão Portuária), todos os Coordenadores e alguns  “colaboradores-chave” da CDC. “Há muito o que fazer. Se queremos (devemos) crescer, precisamos saber aonde queremos ir, e como. Estamos aqui, os executivos da empresa, longe do ambiente de trabalho, exatamente formulando nossa trajetória para 2024. É o primeiro e necessário passo para atingirmos o sucesso”, disse o Diretor-Presidente da CDC, Lucio Gomes.




bottom of page