top of page

Porto de Fortaleza homenageia os estivadores: A força que movimenta a economia do país


As cargas que chegam pelo modal marítimo contam com um profissional essencial: estivadores. São eles os responsáveis pela retirada, arrumação nos porões ou sobre o convés de embarcações principais, trabalhando a bordo de navios cargueiros no desembarque ou embarque de cargas. Ao lado de outros profissionais portuários, os estivadores formam a força de trabalho que movimenta a economia do país 24 horas por dia, intercalada por escala. É para eles, neste dia 18 de outubro, a homenagem da Companhia Docas do Ceará.


Hoje, atuam no Porto de Fortaleza 180 estivadores. Por se tratar de movimentação em toneladas, a segurança e a responsabilidade são levadas a sério, já que além da força física, a profissão exige do trabalhador a organização racional da carga no navio. No caso de embarque de cargas, o cuidado envolve também a distribuição do peso para não afetar a estabilidade do navio.


Perto de completar 100 anos de atividade no Ceará, em 2023, o Sindicato dos Estivadores, um dos primeiros criados no estado e tendo como atual presidente Paulo Renato, mantém um diálogo permanente com a diretoria da Companhia Docas do Ceará. Entre as atribuições do sindicato está a defesa dos direitos dos trabalhadores portuários autônomos. E em reconhecimento a esta atividade tão importante no setor portuário, uma comemoração alusiva à data foi organizada pelo sindicato no Pavilhão dos Estivadores, no último sábado.


Segundo a diretora-presidente da CDC, engenheira Mayhara Chaves, os trabalhadores portuários, a exemplo dos estivadores, não mediram esforços em nenhum momento da pandemia da Covid-19. “Cada trabalhador, seja ele funcionário, terceirizado ou autônomo, foi fundamental para que a população não sofresse desabastecimento. Enquanto muitas atividades paralisaram temporariamente, os portuários não pararam. Os estivadores, aos quais aproveito para parabenizá-los neste 18 de outubro, estão entre os que trabalham 24 horas por dia, em escalonamento de turno”, ressaltou Mayhara.


Curiosidade


A palavra “estiva” é um termo próprio para descrever pessoas que lidam com a carga de navios mercantes.







bottom of page